segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Carta de Natal para uma grande Amiga: "carrego teu coração comigo"

Oi Anna
Recebi teu cartão.
Confesso que o recebi no sábado, mas eu estava saindo de casa e não queria ler correndo.
Deixei guardado, pois queria lê-lo num momento quieto, sem interrupções.
Parecia que eu estava antevendo o que estava por vir.
 Pressentia que tinha algo ali que pedia tempo e contemplação.
Como o fim de semana foi agitado, deixei para ler hoje, segunda-feira, á tarde, para poder dedicar toda minha atenção a ele.
E ainda bem que fiz isso, senão a coisa teria sido bem complicada.
Porque eu ando assim hoje em dia (aliás, já há alguns anos): não escondo nada que sinto (aliás, mal contenho o que sinto).
E estou aqui há um bom tempo lendo e relendo tua mensagem, uma das mensagens mais lindas que recebi ma vida, de uma pessoa linda,  que me manda um cartão de Natal, relembrando os velhos tempos quando mandávamos cartões de Natal para familiares e amigos.
Como diz o pessoal, desde que comecei a ler tua mensagem que caíram uns ciscos nos meus olhos e nem consigo ler direito, está tudo embaçado, nem consigo pensar direito também.
Fui deixando toda essa torrente de sentimento passar, para poder voltar a raciocinar.
E fiquei aqui pensando como o Cosmos nos prega peças.
Eu, que conheço tanto poesia, que desde criança sou fascinado pela poesia, antes mesmo de alguém me ensinar o que fosse a poesia, não conhecia este poema do e.e. cummings, e que recebi de presente agora de você, que o tem como seu favorito, e que descreve exatamente o que se passa em meu coração, e que com ele você "entendeu a coisa toda da poesia".
Poesia é isso, você entendeu mesmo.
Basta entender um poema, e toda a poesia se abre diante de ti. 
Ainda mais um poema como este, um dos poemas de Amor mais lindos que já li na vida.
Pois é assim que vivo, é assim que sinto, e você, Anna Ingrid, aí do Norte, captou inteiramente o que se passa no meu coração, aqui no Sul.
O coração é um livro aberto para quem sabe ler.
E você sabe!
E agora sou eu que carrego seu coração no meu coração também, afinal, você entrou nele.
Querida amiga, você é um amor de amiga e pessoa mesmo.
Não sou mais a mesma pessoa desde que li esse poema.
É lindo, simplesmente. E ficará em meu coração sempre, pois é uma descrição dele.
Agradeço a meu Brother Janio que te apresentou a mim, e a todos com quem compartilhamos amizade na rede.
É um amor em expansão via internet. 
E pode rodar o mundo.
Todos no mundo merecem conhecer este poema maravilhoso do e.e. cummings,
que é amor puro.
Um grande abraço,
E um Natal maior ainda, repleto de Amor, que será, pois já está nos corações.

Gentil Saraiva Jr.
p.s. o poema do e.e. cummings aparece no filme In Her Shoes (Em Seu Lugar, 2005),
na cena final; ouça uma leitura dele neste vídeo:

***
Seguem o texto do poema e uma ótima tradução que encontrei no
blog Poeta Salutor:

e.e.cummings: um poema de amor
i carry your heart with me

i carry your heart with me(i carry it in
my heart)i am never without it(anywhere
i go you go,my dear; and whatever is done
by only me is your doing,my darling)
i fear
no fate(for you are my fate,my sweet)i want
no world(for beautiful you are my world,my true)
and it's you are whatever a moon has always meant
and whatever a sun will always sing is you

here is the deepest secret nobody knows
(here is the root of the root and the bud of the bud
and the sky of the sky of a tree called life;which grows
higher than the soul can hope or mind can hide)
and this is the wonder that's keeping the stars apart

i carry your heart(i carry it in my heart)

(e.e.cummings)

****
carrego o teu coração comigo

carrego o teu coração comigo(carrego-o em
meu coração)nunca estou sem ele(onde
eu vou tu vais, querida; e o que é feito
só por mim és tu que fazes, meu amor)
eu não temo
nenhum destino(tu és o meu destino, meu doce)eu não quero
outro mundo (pela tua beleza ser o meu mundo, minha verdade)
e tu és seja o que for que a lua signifique
e o que quer que o sol cante sempre és tu

aqui está o segredo mais profundo que ninguém sabe
(a raíz da raíz e o botão do botão
e o céu do céu da árvore chamada vida; a qual cresce
mais alto do que a alma espera ou a mente esconde)
e este é o milagre que mantém as estrelas separadas

carrego o teu coração( carrego-o em meu coração)

(Tradução de J.T.Parreira)

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

O que já traduzi de Folhas de Relva, de Walt Whitman, até 2014

Só pra terem uma ideia do que já traduzi da obra  Folhas de Relva, 
do poeta norte-americano Walt Whitman, até agora:
pelo menos 189 poemas (há mais poemas já traduzidos),
que variam de 2 versos até 68 páginas (caso do poema mais longo, Canção de Mim Mesmo);
mas há poemas com 15, 20 páginas também, os poemas mais longos;
tudo isso dá em torno de 285 páginas de poesia,
distribuída nesses cinco volumes já publicados e
no sexto volume que estou preparando,
com os livros
À BEIRA DA ESTRADA e
REPIQUES DE TAMBOR.
São 3/5 do total.

Acho que até 2019, bicentenário do nascimento de Whitman,
eu termino.
:)


terça-feira, 28 de outubro de 2014

MARACATU TRUVÃO NAÇÃO ESTRELA

Folhas de Relva publicada em série na Amazon

Fiz um pedido com os 5 livros que compõem o que já publiquei de minha tradução de Folhas de Relva, obra de poesia do bardo norte-americano Walt Whitman.
Enquanto preparo o sexto volume da série, com os livros À BEIRA DA ESTRADA e REPIQUES DE TAMBOR, publico as fotos aqui dos 5 primeiros volumes, que podem ser adquiridos na Amazon.
Veja nesta página da livraria online. A Amazon só aceita cartão de crédito internacional.
























SHOW DE REPIQUE TURUCUTÁ - 3a. NOITE DOS TAMBORES

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Bolsa Família é para pobre; negócio mesmo é auxílio moradia de mais de 4 mil reais

E tem gente que fala mal do Bolsa Família.
Como dizia um amigo meu, isso acontece porque o valor do BF é muito pequeno, porque quando é de alguns milhares, ninguém fala mal, é justo; tipo ladrão de galinha que vai pra cadeia, mas quem rouba bilhões vai é para paraíso fiscal e ilhas do pacífico (mas esperem até chegar no inferno, quando serão lembrados dessa sacanagem com quem não ganha nada ou muito pouco; porque num país onde ainda existem mendigos, e muitos, nas ruas, e esfomeados e sem teto, esse auxílio é imoral, porque os salários já são enormes).
E não venham me falar daquela merda de que o Brasil saiu do mapa da fome;
É mesmo?
E por que tem mendigo pedindo comida e dinheiro nas ruas ainda?
Enquanto houver UM ÚNICO mendigo nas ruas pedindo comida, o Brasil não saiu do mapa da fome; não se iludam com essa imbecilidade, porque estatísticas nesse sentido são imbecilidades, dizem que na média todo mundo tem alimento, mas na real, muitos tem e outros muitos não tem, para que os que comem bem não se sintam mal.
Agora vejam a diferença de pesos e medidas, porque Bolsa Família é sacanagem, é pra angariar voto, mas auxílio moradia de mais de 4 mil reais é legal.
Hipocrisia, cinismo e soberba definem!
Vejam essa sandice aqui.
Para assinar petição contra essa barbaridade, acesse por este link.

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

TURUCUTÁ : Vídeos

TURUCUTÁ : Vídeos: Pout Pourri de algumas músicas... Turucutá Batucada Coletiva Independente - 05/05/2013 - Bar Opinião - Porto Alegre, RS. II from Turucutá...

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Eric Clapton - I Shot The Sheriff (Live from Crossroads 2010)

Ace of Base - Happy Nation (Official)

Ace of Base - Living in Danger (Official)

Eric Clapton - Layla Original song

Pixies - Here Comes Your Man (Official Video)

Tracy Chapman - Baby Can I Hold You (Live 2003)

Eric Clapton - Wonderful Tonight (Official Live Video)

Ace of Base - The Sign (Official)

Eric Clapton - Tears In Heaven (Official Video)

Baby I Love Your Way - Big Mountain

Peter Frampton - Baby, I Love Your Way

Papa Winnie - rootsie & boopsie (you are my sunshine)

Bob Dylan - Knockin' On Heaven's Door (Unplugged)

Peter Frampton "Show Me the Way" on Guitar Center Sessions on DIRECTV

Tracy Chapman - Fast Car (Live) Legendado

Ace of Base - Don't Turn Around (Official)

Tracy Chapman - Talkin' bout a Revolution [High Quality]

Bob Marley - I Shot The Sheriff (Live in Santa Barbara, California) - Le...

Ace of Base - All That She Wants (Official)

I'm Your Hoochie Coochie Man By Willie Dixon

sábado, 2 de agosto de 2014

FOR THE EARTH TO SMILE AGAIN

The earth is dying.
Dying of dissatisfaction / displeasure.
For trillions of years she prepared herself to receive her creator's face.
She wanted to see herself in his face, to see herself beautiful, to see him completely in love with her.
He loved her so much that he multiplied himself in billions of faces, only to contemplate her.
But the faces got lost in themselves.
The idyll lasted just a little while, the faces that came to meet the earth ended up falling in love with their own mystery and they forgot Mater.
The faces began to look only at what they did.
They treated her badly.
They stole her natural science.
They thought they were more intelligent than the one who gave them their intelligence.
More beautiful than the one who granted them their beauty.
After so long a time of forgetfulness of the fact that they came here to live on natural beauty, men, thus are called god's faces, forgot even themselves.
There remained only images outshining the source-mind that reflects it.
Thus we reached the maximum degree of desolation / devastation.
Apart from a few who by chance are already awaken, the earth is under the domain of a battalion of zombies.
There will be death, cry and screech of teeth.
Thank the earth for so much beauty that you didn't see.
Nor enjoyed it.
Do that for her.
You know, she deserves it.
Even if you still doubt it.
Nowadays, she only wants to die of displeasure.
But who knows, if some god's faces tell her that they still see her, even from here, from within this chaos of indifference, maybe, who knows, she affords us a smile once again.
PHENIX SOUL

terça-feira, 29 de julho de 2014

Revista Cult » MANO BROWN: “Eu questiono porque não basta ser”

Revista Cult » “Eu questiono porque não basta ser”



"Eu sou livre! Está fodido quem quiser me aprisionar. Quando falei que vou fazer soul music, vou fazer doa a quem doer. Não estou nem aí. Eu sou rebelado. Se falar de amor é rebelião, eu tô nessa, entendeu?"

MANO BROWN

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014