domingo, 15 de dezembro de 2013

Bob Marley - Stir it up

Bob Marley - Redemption Song (do álbum Legend - com letra)

Bob Marley ~ Could you be Loved (Lyrics)

Baby I love your way - Bob Marley (com a letra em inglês)

Bob Marley - no woman no cry (com a letra em inglês / Lyrics)

Bob Marley - Is this Love?

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Judas - Raul Seixas (Clip Original)

Rockixe - Raul Seixas

Mariene De Castro - Feira De Mangaio (Ao Vivo) (+playlist)

Alone in the Wilderness part II

Alone in the Wilderness

www.DickProenneke.com - "Alone in the Wilderness" is the story of Dick Proenneke living in the Alaska wilderness. Dick filmed his adventures so he could show his relatives in the lower 48 states what life was like in Alaska, building his cabin, hunting for food and exploring the area. Bob Swerer has taken the best footage from Dick's films and he has created 3 videos about Dick, "Alone in the Wilderness", "Alaska, Silence and Solitude" and "The Frozen North". You can purchase all of them in DVD or VHS format from the www.DickProenneke.com website.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Homenagem a Jader Moreci Teixeira, o cantor nativista gaúcho Leonardo

Faleceu neste sábado o cantor nativista gaúcho Jader Moreci Teixeira, conhecido como Leonardo, de complicações renais, aos 71 anos de idade, na cidade de Viamão. Natural de Bagé, ele dedicou sua vida à canção gaúcha, e criou sucessos inesquecíveis como Céu, Sol, Sul, Terra e Cor, e Tertúlia.

Como gaúcho de adoção que sou, sendo mineiro de nascimento, vim para os pampas em 1986, e sempre apreciei a música nativista. Particularmente estas duas canções do Leonardo, que incluo aqui abaixo. Não nego que essa perda bateu fundo no peito, pois a música campeira me lembra dos meus tempos de fazenda, cuidando da terra e do gado. Que o Leonardo seja recebido na Querência lá de cima, para tomar aquele chimarrão com os peões do Céu!


***

Almir Bezerra - As rosas não falam / Risque / Adeus

Almir Bezerra - Esta noite eu queria que o mundo acabasse / Quem é

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Você sabe o que todas estas mulheres tem em comum?

[caption id="" align="alignleft" width="290" caption="Cacau no Paparazzo (foto: Luciana Tancredo/Cia. da Foto)"][/caption]

Leka, Michelle Costa, Íris Stefanelli, Jaque Khury, Natália Casassola, Juliana Góes, Gyselle Soares, Grazielli Massafera, Natália Nara, Fani Pacheco, Carolini Honório, Mariana Felício, Joseane de Oliveira, Roberta Brasil, Manuela Saadeh, Thaís Ventura, Antonela, Sabrina Sato, Tessália, Priscila Pires.

Todas elas são mulheres que já passaram pelo BBB e foram parar nuas nas capas da revista masculina Playboy, para delírio dos adolescentes e pós-adolescentes deste país.

E para onde vão Anamara, Eliane, Fernanda, Lia e Cacau, atuais remanescentes do BBB 2010? E as do BBB 2011? E as do BBB 2012?

Certamente, para o mesmo lugar.

Como já disse a top model Gisele Bundchen, no Brasil, basta uma mulher tirar a roupa para se tornar celebridade. Ou seja, não é preciso usar o cérebro, vide uma certa estudante que virou febre na mídia de uma hora para outra só por ter andado de vestido curto numa universidade.

Aliás, vi uma notícia que ela largou a universidade, depois de toda aquela celeuma sobre processar a instituição por preconceito, para que ela pudesse ser reintegrada. E o interesse todo pelo curso, foi pra onde?

Mas também tem o outro lado, o daqueles que instigam esse tipo de comportamento, e que em geral não são questionados. A Leila Lopes é um bom exemplo de uma pessoa que foi engolida pela máquina das celebridades a qualquer custo. E mal ela tinha baixado ao túmulo, a empresa em que ela trabalhava já estava abrindo um concurso para a vaga que ela tinha deixado, como se ela não tivesse valor nenhum como ser humano. Ela foi iludida como qualquer outra pessoa, que acha que o dinheiro resolve todos os problemas. Que outras mulheres mirem-se no que aconteceu com ela.

***

Só pra conferir, o BBB 2012, que certamente levará muita gente para as revistas de entretenimento, e que eu obviamente não vou assistir, vai contar com os seguintes participantes (se você gosta deste tipo de programa, divirta-se): Fernanda Girão, Jakeline Leal Lucena, João Carvalho, João Mauricio Dantas Leite, Jonas Sulzbach, Kelly Medeiros, Laisa Portela, Mayara Medeiros, Netinho, Rafa, Renata Dávila, Yuri Fernandes.

BEST DANCE MOVES - Top 10 - Michael Jackson

Muhammad Ali dancing

Origins of the Moonwalk

The First Moonwalk - Bill Bailey - The Apollo Theatre - New York - 1955

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Avatar: será que nos curaremos de nossa insanidade?

[caption id="" align="alignleft" width="314" caption="o casal central de Avatar (divulgação)"][/caption]

Uma das cenas mais marcantes para mim no filme Avatar, do James Cameron, que concorre a nove estatuetas de Hollywood neste domingo, é a cena em que o personagem Jake Sully (Sam Worthington) é levado à presença dos líderes da tribo Na’vi.

A líder espiritual da tribo, Mo’at (CCH Pounder), o examina, o recomenda para treinamento com sua filha Neytiri (Zoe Saldaña, belíssima atriz negra), que vai lhe ensinar os costumes de seu povo e termina dizendo algo assim: “Ao final, veremos se sua insanidade poderá ser curada.”

Em suma, o que ela está dizendo é que o humano encarnado em um corpo Na’vi está perdido de sua essência enquanto ser divino, está preso num corpo material e sem conexão com os outros seres encarnados. E só um longo treinamento poderá fazê-lo acordar para a interconexão que existe entre todos os seres, sejam eles minerais, vegetais ou animais.

E só ao final, quando ele passar por todas essas provas, será possível constatar sua evolução de consciência, o que acontece no final da estória.

Acontece que todo ser humano hoje na terra está diante desse mesmo processo de ampliação de consciência.

E que esta possibilidade de elevação de consciência está aberta para todos.

Na realidade, isso não só está aberto como é um caminho necessário a toda a humanidade, pois sem isso não há uma melhoria da realidade do planeta para todos os seres que o habitam.

E a responsabilidade cabe a quem tem mais consciência disso. Quanto maior a consciência, maior a responsabilidade. Não é mais possível fechar os olhos e ficar esperando que o vizinho faça a parte dele, sem que façamos algo em prol do coletivo.

James Cameron está fazendo a parte dele, lançando um alerta em nível mundial sobre um problema central para a humanidade. Cabe a cada um meditar sobre isso e ver o que pode fazer para o bem comum, pois esse movimento só pode ser feito dentro da consciência de cada. e é o movimento individual, de consciência de si, em cada consciência, que vai elevar o nível da consciência coletiva.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Todos os indicados da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas para o Oscar 2010

Vejam todos os indicados da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas para o Oscar 2010.

Os anfitriões deste ano serão Steve MartinAlec Baldwin, na cerimônia que acontece dia 7 de março, domingo próximo. Vejam os indicados na lista abaixo.

Melhor Filme

Avatar

Um Sonho Possível (estreia prevista para 19 de março)

Distrito 9 (já disponível em DVD e Blu-ray)

Educação (em cartaz)

Guerra ao Terror (em cartaz)

Bastardos Inglórios (já disponível em DVD)

Preciosa – Uma História de Esperança (em cartaz)

Um Homem Sério (em cartaz)

Up – Altas Aventuras (já disponível em DVD e Blu-ray)

Amor Sem Escalas (em cartaz)

Melhor Diretor

James Cameron - Avatar (em cartaz)

Kathryn Bigelow – Guerra ao Terror (em cartaz)

Quentin Tarantino – Bastardos Inglórios (já disponível em DVD)

Lee Daniels – Preciosa – Uma História de Esperança (em cartaz)

Jason Reitman – Amor Sem Escalas (em cartaz)



Melhor Ator

Jeff Bridges – Coração Louco (estreia em 5 de março)

George Clooney – Amor Sem Escalas (já nos cinemas)

Colin Firth - Direito de Amar (estreia em 5 de março)

Morgan Freeman – Invictus (em cartaz)

Jeremy Renner – Guerra ao Terror (em cartaz)

Ator Coadjuvante

Matt Damon - Invictus (em cartaz)

Woody Harrelson – O Mensageiro (em cartaz)

Christopher Plummer - The Last Station (estreia prevista para o primeiro semestre)

Stanley Tucci – Um Olhar do Paraíso (em cartaz)

Christoph Waltz – Bastardos Inglórios (já disponível em DVD)



Melhor Atriz

Sandra Bullock - Um Sonho Possível (estreia prevista para 19 de março)

Helen Mirren - The Last Station (prevista para o primeiro semestre)

Carey Mulligan - Educação (em cartaz)

Gabourey Sidibe - Preciosa – Uma História de Esperança (em cartaz)

Meryl Streep – Julie e Julia (em DVD e Blu-ray a partir de 18/03)

Melhor Atriz Coadjuvante

Penelope Cruz - Nine (em cartaz)

Vera Farmiga – Amor Sem Escalas (em cartaz)

Maggie Gyllenhaal – Coração Louco (estreia em 5 de março)

Anna Kendrick – Amor Sem Escalas (em cartaz)

Mo'Nique -  Preciosa – Uma História de Esperança  (em cartaz)

Melhor Roteiro Adaptado

Distrito 9 (já disponível em DVD e Blu-ray)

Educação (em cartaz)

In The Loop (sem previsão de estreia no Brasil)

Preciosa – Uma História de Esperança (em cartaz)

Amor Sem Escalas (em cartaz)

Melhor Roteiro Original

Guerra ao Terror (em cartaz)

Bastardos Inglórios (já disponível em DVD)

O Mensageiro (em cartaz)

Um Homem Sério (em cartaz)

Up – Altas Aventuras (já disponível em DVD e Blu-ray)

Melhor Animação Longa-Metragem

Coraline (já disponível em DVD)

O Fantástico Sr. Raposo (breve em DVD)

A Princesa e o Sapo (em DVD a partir de 10/03)

The Secret of Kells (sem previsão de estreia no Brasil)

Up – Altas Aventuras (já disponível em DVD e Blu-ray)

Melhor Animação Curta-Metragem

French Roast (sem previsão de exibição no Brasil)

Granny O´Grimn´s Sleeping Beauty (sem previsão de exibição no Brasil)

The Lady and the Reaper (La Dama e la Muerte) (sem previsão de exibição no Brasil)

Logorama (sem previsão de exibição no Brasil)

A Matter of Loaf and Death (sem previsão de exibição no Brasil)

Melhor Filme Estrangeiro

Ajami (Israel)

O Segredo dos Seus Olhos (Argentina - estreia em 26 de fevereiro)

O Leite da Amargura (Peru )

O Proeta (França - estreia prevista para 30 de abril)

A Fita Branca (Alemanha - nos cinemas)

Melhor Documentário Longa-Metragem

Burma Vj (sem previsão de estreia no Brasil)

The Cove (sem previsão de estreia no Brasil)

Food Inc. (sem previsão de estreia no Brasil)

The Most Dangerous Man In America: Daniel Ellsberg and the Pentagon Papers(sem previsão de estreia no Brasil)

Which Way Home (sem previsão de estreia no Brasil)

Melhor Documentário Curta-Metragem

Province (sem previsão de exibição no Brasil)

The Last Campaign of Governos Booth Gardner (sem previsão de exibição no Brasil)

The Last Truck: Closing of a GM Plant (sem previsão de exibição no Brasil)

Music by Prudence (sem previsão de exibição no Brasil)

Rabbit à la Berlin (sem previsão de exibição no Brasil)

Melhor Curta-Metragem

The Door (sem previsão de exibição no Brasil)

Instead of Abracadabra (sem previsão de exibição no Brasil)

Kavi (sem previsão de exibição no Brasil)

Miracle Fish (sem previsão de exibição no Brasil)

The New Tenants (sem previsão de exibição no Brasil)

Melhor Direção de Arte

Avatar (em cartaz)

O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus (estreia prevista para 7 de maio)

Nine (em cartaz)

Sherlock Holmes (em cartaz)

The Young Victoria (sem previsão de estreia no Brasil)

Melhor Fotografia

Avatar (em cartaz)

Harry Potter e o Enigma do Príncipe (já disponível em DVD e Blu-ray)

Guerra ao Terror (em cartaz)

Bastardos Inglórios (já disponível em DVD)

A Fita Branca (em cartaz)

Melhor Figurino

Brilho de Uma Paixão (estreia prevista para 14 de maio)

Coco Antes de Chanel (em DVD a partir de 11 de março)

O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus (estreia prevista para 7 de maio)

Nine (em cartaz)

The Young Victoria (sem previsão de estreia no Brasil)

Melhor Montagem

Avatar (em cartaz)

Distrito 9

Guerra ao Terror (em cartaz)

Bastardos Inglórios (já disponível em DVD)

Preciosa – Uma História de Esperança (em cartaz)



Melhor Trilha Sonora Original

Avatar (em cartaz)

Guerra ao Terror (em cartaz)

O Fantástico Sr. Raposo (breve em DVD)

Sherlock Holmes

Up – Altas Aventuras

Melhor Canção Original

"Almost There" – A Princesa e o Sapo (em DVD a partir de 10/03)

"Down in New Orleans" - A Princesa e o Sapo (em DVD a partir de 10/03)

"Loin De Paname" - Paris 36 (sem previsão de estreia no Brasil)

"Take it All" - Nine (em cartaz)

"The Weary Kind" – Coração Louco (estreia em 5 de março)

Melhor Edição de Som

Avatar (em cartaz)

Guerra ao Terror (em cartaz)

Bastardos Inglórios (já disponível em DVD)

Star Trek

Up – Altas Aventuras



Melhor Mixagem de Som

Avatar (em cartaz)

Guerra ao Terror (em cartaz)

Bastardos Inglórios (já disponível em DVD)

Star Trek

Transformers: A Vingança dos Derrotados (já disponível em DVD e Blu-ray)

Melhores Efeitos Especiais

Avatar (em cartaz)

Distrito 9 (já disponível em DVD e Blu-ray)

Star Trek (já disponível em DVD e Blu-ray)

Melhor Maquiagem

Il Divo (sem previsão de estreia no Brasil)

Star Trek (já disponível em DVD e Blu-ray)

The Young Victoria (sem previsão de estreia no Brasil)

[secvitrine/avatar/13729]

[secvitrine/bastardos-inglorios/161757]

HINGO WEBER: Do que depende o sucesso de vendas de um livro?

HINGO WEBER: Do que depende o sucesso de vendas de um livro?: Do que depende o sucesso de um livro? Não falarei aqui das muitas variáveis, entre elas a própria sorte, mas de uma constante: o empenho do ...

A Anatomia da Influência, de Harold Bloom

Editora Objetiva - Prisa Ediciones

A anatomia da influência pretende ser o legado de Harold Bloom sobre a criação literária. Desde que publicou A angústia da influência, nos anos 1970, o conceito da influência literária tornou-se a verdadeira obsessão de seu trabalho. Nele, o crítico literário contemporâneo mais reconhecido da atualidade jogava por terra décadas de ideias preconcebidas ao mostrar que as grandes obras da literatura não surgem completamente formadas, mas por meio de um processo de intensa luta com aquelas que as precederam. 
Os poemas de Whitman que são citados, os da edição do Leito de Morte,
foram traduzidos por mim e estão em meu blog: poesiadewhitman.com.b

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Oscar: os indicados ao prêmio de melhor filme

Este ano há dez obras cinematográficas indicadas para a estatueta de melhor filme pela academia de Hollywood:

Avatar, Um Sonho Possível, Distrito 9, Educação, Guerra ao Terror, Bastardos Inglórios, Preciosa, Um Homem Sério, Up - Altas Aventuras e Amor sem Escalas.

Desses, só assisti Avatar.

E o vi 3 vezes no cinema, duas em 3D e uma em 2D. Não dá pra comparar, tem que ser visto em 3D!

Não posso negar também que sou um antigo fã de James Cameron, desde os tempos de O Exterminador do Futuro, Aliens, o resgate, e também vi O Abismo, True Lies, e Titanic (este, pelo menos cinco vezes!).

E pra mim Avatar foi o melhor filme dos últimos tempos. Empolgante, genial, realista e dramático.

Mas a força de realidade que ele transmite me soa como sua melhor qualidade.

Quando eu digo realidade eu falo tanto do lado obscuro da humanidade, com sua crueldade, cegueira, burrice e ganância, quanto do lado iluminado, da divindade, da conexão entre todos os seres, do amor, da confiança, da natureza, da harmonia entre os seres.

Avatar retrata fielmente essa dualidade entre a consciência da impossibilidade de se apossar de um bem que é coletivo, para destruí-lo, negociando com ele, que é o que o capitalismo faz com o solo e o subsolo do nosso planeta, e a inconsciência da humanidade em continuar insistindo nessa atitude gananciosa e cega, destruindo seu próprio habitat.

Consequentemente, quando nós, os ditos humanos, tivermos esgotado todos os recursos naturais daqui, certamente iremos fazer isso em outros planetas, até que um dia alguém nos pare. E quando isso acontecer, não é possível prever a forma que isso tomará.

Pode ser através de guerra contra outros povos, digo povos de outros sistemas solares, ou entre povos terrestres mesmo, e pode ser que neste planeta isso aconteça através de terremotos, tsunamis, tormentas, enchentes, pandemias, e outros males.

A menos que a humanidade alcance um nível de consciência de si que a leve a parar de destruir a si mesma e ao seu meio-ambiente. Mas isso, só o tempo dirá. E nisso vale tanto o ensinamento de São Francisco de Assis quanto a lei da física: é dando que se recebe / toda ação gera uma reação igual e contrária.

Re-vejam o trailer de Avatar:


[secvitrine/Avatar/72285]

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Cássia Eller canta O Segundo Sol, de Nando Reis

A canção O Segundo Sol, de Nando Reis, cantada por Cássia Eller, está na trilha sonora nacional da novela Tempos Modernos. Desde a primeira vez que a ouvi, adorei essa música. E pela curiosidade sobre um sistema com um segundo sol, descobri que sistemas planetários com dois sóis são comuns no universo. Aliás, existem sistemas até com três sóis.

Mas a predominância, por incrível que pareça, é de conjuntos com sóis duplos, pois as estrelas binárias compõem mais da metade dos sistemas solares. Além disso, esses sistemas são mais estáveis que aqueles com apenas um sol, como o nosso.

Assim, aquela imagem do filme Guerra nas Estrelas (Star Wars), em que Luke Skywalker caminha em direção a um poente duplo, não é nem um pouco fantasiosa.

Vejam uma imagem do sistema binário Sirius A e Sirius B ou Cão Maior e Cão Menor (a estrela menor é o ponto de luz embaixo à esquerda):

[caption id="" align="aligncenter" width="250" caption="Sirius A e B"][/caption]

***

E para homenagear Nando Reis, que teve a inspiração para criar esta bela canção, incluímos o vídeo da Cássia Eller abaixo, com a letra:


O Segundo Sol

Quando o segundo sol chegar
Para realinhar as órbitas
Dos planetas
Derrubando
Com assombro exemplar
O que os astrônomos diriam
Se tratar de um outro cometa...(2x)

Não digo que não me surpreendi
Antes que eu visse, você disse
E eu não pude acreditar
Mas você pode ter certeza
De que seu telefone irá tocar
Em sua nova casa
Que abriga agora a trilha
Incluída nessa minha conversão...

Eu só queria te contar
Que eu fui lá fora
E vi dois sóis num dia
E a vida que ardia
Sem explicação...

Quando o segundo sol chegar
Para realinhar as órbitas
Dos planetas
Derrubando
Com assombro exemplar
O que os astrônomos diriam
Se tratar de um outro cometa...

Não digo que não me surpreendi
Antes que eu visse, você disse
E eu não pude acreditar
Mas você pode ter certeza
De que seu telefone irá tocar
Em sua nova casa
Que abriga agora a trilha
Incluída nessa minha conversão...

Eu só queria te contar
Que eu fui lá fora
E vi dois sóis num dia
E a vida que ardia
Sem explicação...

Seu telefone irá tocar
Em sua nova casa
Que abriga agora a trilha
Incluída nessa minha conversão...

Eu só queria te contar
Que eu fui lá fora
E vi dois sóis num dia
E a vida que ardia
Sem explicação...

Explicação
Não tem explicação
Explicação, não
Não tem explicação
Explicação, não tem
Não tem explicação
Explicação, não tem
Explicação, não tem
Não tem!!

[secvitrine/cassia-eller/87213]

Toquinho e MPB4 - 40 anos de música

Mariza - Gente Da Minha Terra - ao vivo concerto lisboa

GENI E O ZEPELIM no Porto Alegre em Cena

Gostei da interpretação
da Letícia Sabatella para Geni e o Zepelim:

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Marmotas meteorologistas falham em previsão do tempo!

Mas só podia acontecer isso! Afinal, as marmotas são umas marmotas!

Vocês podem não acreditar, porém, eu li no UOL que as marmotas estão confusas na previsão do inverno nos Estados Unidos.

Bem, cada um com o meteorologista que merece!

O que interessa mesmo é que esses bichinhos fofinhos inspiraram um filme chamado Feitiço do Tempo (Groundhog Day), de 1993, dirigido por Harold Ramis e estrelado por Bill Murray (que eu adoro; atuou também em Meu Querido Bob), e Andie MacDowell. O personagem do Bill Murray é um homem do tempo que é escalado pra cobrir o Dia da Marmota, que seria pra ele a coisa mais chata do mundo. O problema é que ele descobre que ao chegar na cidadezinha da Pensilvânia ele fica preso numa armadilha do tempo, em que todos os dias são absolutamente iguais, se repetindo ad infinintum. Aí, pra evitar a monotonia, ele começa a se aventurar. Vale a pena.

Vejam agora o trailer do filme e abaixo as gracinhas das marmotas:

***

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Chegou o dvd de Michael Jackson, This Is It!

Após um curto período nas telonas, com boa arrecadação em todo o mundo, o filme do Michael Jackson, This Is It chega às lojas em dvd, também com versão em Blu-ray.

Já dei uma olhada e vi que o dvd já pode ser adquirido via internet por até 45 reais. Com a vantagem que ele traz material que não foi exibido nos cinemas.

Há ainda a previsão para lançamento de uma versão do filme em 3D, com data ainda não marcada.

***

Assisti ao dvd, que é ótimo. O Michael Jackson é realmente um grande artista, que cuida de todo o show de uma maneira milimétrica. Não pode ter um único som ou movimento fora de lugar. Como seu produtor musical disse, o MJ conhece todas as músicas de maneira impressionante, desde a parte musical, a vocal, até os passos da dança. O cara é fenomenal mesmo. Que Deus o tenha!

Pagode Russo - Zeca Baleiro

Professor roda bola de basquete na ponta da caneta

Professor roda bola de basquete na ponta da caneta
e dá nota aos alunos:


domingo, 3 de novembro de 2013

Depois de Tempos Modernos e Entre Dois Amores, vem aí Passione!

Parece chatice da minha parte, e é, pois sou chato mesmo e assumo, mas depois das novelas Tempos Modernos e Entre Dois Amores, com títulos de filmes famosos, a nova novela das 8:00 da Globo, que substituirá Viver a Vida no horário nobre, tem o título de Passione (dirigida por Silvio de Abreu, é um melodrama, misturado com comédia e trama policial, que tem em seu elenco Fernanda Montenegro, Tony Ramos, Marcello Antony, Reynaldo Gianecchini, Kayky Britto, Cauã Reymond, Mariana Ximenes, entre outros) .

Certamente haverá algumas canções italianas na trilha sonora internacional de Passione, pois, como o próprio título indica, é uma novela que se passa no Brasil e na Itália.

E...

co-incidência!

Há um filme de 1996 chamado La Passione, dirigido por John B. Hobbs e escrito por Chris Rhea, cujo tema musical também tem o mesmo título. Shirley Bassey, que já cantou os temas para três filmes de James Bond,  faz os vocais em duas canções.

A questão é muito simples, e por isso não entendo essas coisas de usar o mesmo nome de outras obras: se há tantos instrumentos de busca na internet, por que não usá-los para ver se já existe alguma obra com o título que se quer dar a um trabalho? Eu faço isso sempre.

Quando publiquei meus livros, antes eu verifiquei se já havia algum com aquele nome, e mudei títulos em alguns casos. Da mesma forma que fazemos com domínios na internet: ao comprar um endereço de página, é preciso verificar se já existe aquele endereço, pra não ser criado um repetido. Simples!

Como sou escritor, poeta e professor, esse tipo de pesquisa é uma coisa comum. O que não entendo é que escritores famosos não se deem o trabalho de fazer algo tão banal! A menos que a intenção seja mesmo explorar algo que já está no inconsciente coletivo, mas que está esquecido da maioria. O problema é que o efeito é contrário naqueles que tem memória!

***

Vejam então um vídeo do filme La Passione, que encontrei numa pesquisa básica e rápida:

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Se Eu Fosse Você 2 é imperdível!

Assisti domingo passado ao segundo filme da série Se Eu Fosse Você, do Daniel Filho, com Tony Ramos, Glória Pires, Chico Anísio, Cássio Gabus Mendes, Adriane Galisteu, Ary Fontoura e outros.

É imperdível! Eu já tinha me divertido com o primeiro filme, mas pra mim o segundo é melhor ainda. A dupla de atores principais é de matar de rir. Há cenas inesquecíveis, como a da reunião com os advogados quando eles já estão com as personalidades trocadas. Ou a do personagem do Cássio fazendo xixi no banheiro com a Helena encarnada no corpo do Cláudio, e também a do Cláudio jogando futebol ou comprando roupas. E o Cláudio encarnado na Helena falando palavrões também é demais! O Daniel Filho é mesmo um mestre do humor.

Fora que a Glória Pires está lindíssima; quanto mais passa o tempo, mais bonita ela fica!

Vejam o trailer e divirtam-se:


***

domingo, 27 de outubro de 2013

Vem aí a novela "Entre Dois Amores", imitando filme do mesmo nome

Depois de Tempos Modernos, agora é a vez da Globo imitar outro filme em novela: Entre Dois Amores (lembrem-se: a novela Entre Dois Amores mudou de nome, agora é Escrito nas Estrelas)! Quanta imaginação! Será que haverá uma mulher dividida em seu amor por dois homens?

Já escalados e gravando para essa próxima novela das seis estão Carol Castro, Manuela do Monte, André Gonçalves, José Rubens Chachá e Izak Dahora.

Para quem não sabe ou não lembra, Entre Dois Amores (em inglês, Out of Africa) é um filme norte-americano de 1985, no gênero de drama biográfico, que foi dirigido por Sydney Pollack.

Esse filme foi adaptado da autobiografia de Isak Dinesen (que é o pseudônimo de Karen Blixen) chamado Den Afrikanske Farm, que foi publicado em Londres no ano de 1937, e em Nova Iorque em 1938.

A história de ambas as obras estão centradas sobre a vida real da baronesa Karen von Blixen-Finecke (atuada pela Meryl Streep), uma mulher aguerrida e apaixonada, liberada e ativa e que comanda uma fazenda de café no Quênia nas primeiras décadas do século XX.

De repente, ela se vê tomada de amores pela África e pelo seu povo humilde. Enquanto casada por conveniência com o Barão Bror von Blixen-Finecke (o ator é o Klaus Maria Brandauer), ela se apaixona por  um excêntrico caçador chamado Denys Finch Hatton (encarnado por Robert Redford).

Eu assisti este filme no cinema em seu lançamento, e o revi há pouco na tevê numa madrugada dessas; continua imperdível e maravilhoso; a Meryl Streep ainda com os rubores da juventude está simplesmente linda.

Vejam o trailer legendado desta bela história; se você ainda não viu, tem que ver:


***

[secvitrine/meryl-streep/210053]

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Sobre o filme Anjos & Demônios

Semana passada eu assisti ao filme Anjos e Demônios (Angels & Demons, 2009), baseado no romance policial do escritor Dan Brown. Essa estória relata a primeira aventura de Robert Langdon, personagem principal tanto desse quando do livro/filme O Código Da Vinci.

A idéia básica é um conflito histórico entre ciência e religião, no caso entre os chamados Illuminati e a Igreja Católica. E aí o professor de simbologia, Robert Langdon, vivido pelo ator Tom Hanks, é convidado a visitar o CERN, um importante centro mundial de tecnologia, para examinar e investigar um símbolo que foi marcado a fogo no peito de um cientista.

Aconteceu, e ninguém sabe como, que um ladrão assassino invadiu o centro, matou o cientista e roubou o que poderia se transformar numa arma poderosíssima: um cilindro contendo anti-matéria. Esse cilindro vai ser usado pelos Illuminati para explodir o Vaticano, culminando uma vingança de muitos séculos.

Até aí, tudo bem. O problema é que o filme é muito ruim. Até eu atuaria melhor do que o Tom Hanks, que consegue ter menos expressão do que Arnold Schwarzenegger e Silvester Stallone juntos! E o enredo é de lascar: o tal professor, que aparentemente é um cara neutro nessa briga, pois se interessa apenas por um livro antigo guardado pelo Vaticano, na verdade passa o tempo todo ajudando nas tramas da Santa Igreja.

Ele é tão hipocritamente bonzinho que no final (sinto muito para quem não viu; não vale a pena mesmo!), quando descobre que o galã bonitão e super-herói, o tal de “camerlengo”, um criado de quarto do papa, é na verdade o bandido da estória, ele chama o super-bom-moço, um cardeal velhinho, que se transforma no camerlengo do novo papa, que simplesmente dá uma ordem aos guardas da Santa Sé: resolvam o problema intra-muros, ou seja, que eliminem, isto é, exterminem, o tal bonitão sem deixar que isso transpasse para o mundo.

Para quem não entendeu: o velho cardeal simplesmente ordena a execução de um padre dentro da Cidade do Vaticano. E com essa mesma placidez, o tal velhinho agradece o professor por ter salvado o novo papa, dando-lhe de presente o livro que ele desejava tanto.

E tudo isso num clima de paz e tranqüilidade, como se assassinatos e extermínios fossem fatos tão normais quanto tomar chá com os amigos lá por aquelas bandas.

E agora me digam: como é que a Igreja Católica fez um alvoroço tão grande na imprensa contra os livros do Dan Brown? Ele devia era ser contratado para ser o Relações Públicas dela.

Simplesmente um dos piores filmes que já vi, bem pior do que seu antecessor, O Código Da Vinci, que também não é lá essas coisas!

Aliás, só gostei mesmo de uma coisa nesses filmes: passear virtualmente por Paris e Roma, cidades que ainda não conheço!

***

sábado, 19 de outubro de 2013

Tempos Modernos, o primeiro sucesso de Lulu Santos

Vejam esta pérola: Lulu Santos cantando seu primeiro sucesso, Tempos Modernos, cujo título também é o nome de seu primeiro disco. A canção foi feita em parceria com Nelson Motta. O vídeo apareceu no Fantástico em 1982, ano de lançamento do álbum. O Lulu está com cara de bebê recém-saído das fraldas. Em 2000, ele lançou o Lulu Acústico MTV (que eu adoro), que lhe rendeu um disco triplo de platina por 900.000 cópias vendidas, coisa que ele tinha também alcançado com Assim Caminha a Humanidade, de 1994.

Aliás, nestes tempos de imitação de títulos de filmes, Assim Caminha a Humanidade é o título brasileiro do filme Giant, de 1956, com Elizabeth Taylor e James Dean.

***



***

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Aberrações e bizarrices na internet

Sinceramente, eu não entendo como é que sites renomados postam vídeos e áudios de aberrações e bizarrices na internet, e o pior de tudo: quando se trata de material contendo cenas de execução de pessoas (caso de um cara que foi filmado assassinando a ex-namorada, ou de assaltantes atirando em clientes ou funcionários de lojas) ou choros ou lamentos de outras, como foi o caso da mãe de uma atriz que morreu recentemente nos Estados Unidos, e postaram o áudio do desespero dela diante da morte da filha.

Eu não vi nenhum desses vídeos, não ouvi nenhum dos áudios, e nem vou fazer esse tipo de coisa. A minha compreensão é muito restrita nesse aspecto da humanidade, que é ter a curiosidade mórbida de assistir à morte de alguém. Certamente devo ter algum trauma relacionado à minha própria morte, nesta ou em alguma outra vida.

Podem até me dizer que eu vejo isso em filmes, mas todos sabemos que no filme não é real, é só uma encenação, e por mais chocante que seja, a gente sabe que não é verdade.

Ou pode ser mesmo pelos meus traumas de infância, de ter me chocado indo a velórios quando eu era uma criança bem pequena. Mas que é algo doentio perder tempo com isso, é. E certamente esses sites só publicam esse tipo de material porque sabem que uma parte de seu público vai apreciar.

Ou, pelo contrário, esses sites podem estar perdendo visitantes, e aí apelam pra qualquer absurdo! Não devem se lembrar de uma regra básica em internet: o conteúdo é rei (content is king)! Mas, infelizmente, cabe a pergunta: rei pra quem?

No entanto, também cabe a ressalva: na internet, a liberdade de escolha é total, pois só lemos o que queremos. O leitor escolhe ficar ou não no site. Embora pareça meio redundante falar em liberdade, é bom lembrar que, diferentemente de outros meios, na internet eu não preciso correr atrás do leitor para mostrar o meu material, pois é o leitor que busca o que quer ler. O escritor apenas disponibiliza os textos e os torna fáceis de serem encontrados. Isso é o que mais gosto na lida com os blogs.

sábado, 12 de outubro de 2013

Dourado é o "rei do rio"!

Você sabia que o peixe dourado é chamado de "o rei do rio"?

Ele tem grande reputação entre pescadores e apreciadores de peixe pela sua beleza e sabor refinado, além de ter pouca gordura.

Um peixe adulto pode alcançar mais de 25 kg e mais de 1 m de comprimento. Ele tem uma coloração dourada em suas escamas com reflexos avermelhados, que possuem também pequenos riscos pretos.

Pra quem não sabe, o dourado é o peixe considerado o rei da Bacia Amazônica, pela sua beleza, exuberância, força, agilidade e sabor.

Há várias outras espécies de peixe com esse nome, entre elas o peixinho dourado, que é criado em tanques e aquários.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Tessália, Tessalônica e Tessalonicenses

Quando eu era guri e estudava o catecismo, sempre fiquei curioso com as famosas Epístolas de (São) Paulo, ou Saulo, aos Tessalonicenses. Afinal de contas, eu não sabia nem o que era epístola nem muito menos quem eram os Tessalonicenses.

Hoje, ao ler o nome Tessália num portal de notícias, me lembrei das famosas epístolas, que são mensagens, ordens, ou simplesmente cartas, do Saulo/Paulo aos povos que ele evangelizou, e fui verificar onde fica mesmo a Tessália.

Pois bem, a Tessália fica na Grécia, na região central do país. Sua capital é Larissa, de 250.000 habitantes. E nessa região existe até hoje uma cidade chamada Tessalônica, que é a segunda maior cidade da Grécia, com cerca de 800.000 habitantes. E quem mora nessa cidade é chamado de Tessalonicence. Foram às pessoas que habitavam esse lugar que o Paulo dedicou suas duas cartas.

[caption id="" align="aligncenter" width="328" caption="Planície da Tessália"][/caption]

A curiosidade histórica fica por conta do fato de que Tessalônica foi construída a mando de Cassandro, um dos generais de Alexandre O Grande, em 316 a.C., que lhe deu o nome da esposa, Tessalônica, meia-irmã de Alexandre Magno (quer dizer, O Grande).

sábado, 5 de outubro de 2013

Duas imagens impressionantes neste início de ano

A imagem mais espetacular foi o túnel de nuvens, que aconteceu na praia de Las Olas, em Maldonado, no Uruguai. O fenômeno foi fotografado por Daniela Mirner Eberl, e a imagem divulgada pelo jornal britânico Daily Mail (no Brasil pelo portal Terra).

túnel de nuvens no Uruguai


***

E a outra imagem, divulgada pela Reuters (no Brasil pelo portal Terra), é de um eclipse anular do sol, nesta sexta feira, que durou 11 min. e 8 segundos, o mais longo do milênio (iniciou às 5:14 GMT, na África Central, e terminou às 10:07 GMT).

[caption id="" align="aligncenter" width="371" caption="eclipse anular do sol"][/caption]

***

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Sobre o blogue Poesia de Whitman

Criei o blogue Poesia de Whitman para publicar a obra poética de Walt Whitman que traduzi nos últimos 20 anos: os livros e poemas de Whitman reunidos sob o título geral de Folhas de Relva. A tradução nele apresentada baseia-se na Edição de 1891-92, a chamada Edição do Leito de Morte ("Deathbed Edition"), que é a versão final autorizada pelo autor.

Eis algumas das peças já incluídas nessa página: “Partindo de Paumanok”, “Canção de Mim Mesmo”, “Descendentes de Adão”, “Cálamo”, “Salut au Monde!” (Saudação ao Mundo!), “Canção da Estrada Aberta”, “Travessia da Barca do Brooklyn”, “Canção da Exposição”, “Uma Canção para Profissões”, “Aves de Arribação” (Pássaros Migratórios), “Detrito Marinho”, “Memórias do Presidente Lincoln” e “Regatos de Outono”. E há muitas outras. Visite o blog e descubra!

sábado, 28 de setembro de 2013

A EMI Music vai homenagear Renato Russo com novos lançamentos

A EMI Music está planejando lançar discos para comemorar o que seriam os 50 anos de Renato Russo, nascido em 1960.

Lembro aos fãs que a Legião Urbana surgiu em Brasília no início dos anos 1980 e fez sucesso até 1996, quando Renato Russo faleceu. Eles lançaram 13 discos, com mais de 20 milhões de cópias vendidas. Até hoje, ainda é um dos maiores grupos em vendagens de discos dessa gravadora.

Eu tenho o prazer de lembrar que assisti a dois shows do Legião Urbana em Porto Alegre no final dos anos 80 e início dos 90.

E uma mas canções que mais gosto dessa banda é Perfeição, apresentada aqui numa gravação de show ao vivo em 1994 no Rio de Janeiro:

***

Um dos álbuns será lançado no sábado próximo, dia 27, e se chama Renato Russo: Duetos. Entre os parceiros do ex-vocalista do Legião Urbana nesta obra póstuma, estão Dorival Caymmi, Herbert Vianna, Leila Pinheiro e Fernanda Takai, que cantará Like a Lover, versão em inglês da canção O Cantador, de Dori Caymmi e Nelson Motta (Sérgio Mendes a gravou nos anos 60).

Ouçam Like a Lover, com Sérgio Mendes:



***

E ouçam O Cantador, com Elis Regina, que ganhou o Prêmio de Melhor Intérprete no III Festival de MPB de 1967 com esta canção:

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Quem canta a trilha sonora de Tempos Modernos

Por certo, até agora, da trilha sonora da novela Tempos Modernos, só temos a música Cérebro eletrônico, de Gilberto Gil. Para a novela, haverá uma regravação com a cantora Myllena, que participou do “Garagem” do Domingão do Faustão.

Mas há outros cantores/compositores já elencados para produzir as músicas dessa nova peça da teledramaturgia global, como Caetano Veloso, Arnaldo Antunes, Cássia Eller, Zé Ramalho, Maria Rita, Zélia Duncan e Ana Carolina.

O interessante é que está cheio de gente na internet divulgando a novela, sem atentar para tudo que ela copia de outras obras, como já mencionei em outro artigo, como o filme Tempos Modernos, de Charles Chaplin, os livros 1984, de Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Huxley, além do filme 2001, Uma Odisséia no Espaço (1968, dirigido por Stanley Kubrick), que tem o famoso computador HAL 9000 (e a lenda em torno desse nome, pois HAL parece indicar vagamente a IBM, pois as letras desta sigla se seguem ao nome do computador no alfabeto), que toma o controle da espaçonave e fala com seus tripulantes.

Afinal, um pouco de cultura não faz mal a ninguém. E já que há a cópia ou imitação dessas obras, as pessoas deviam aproveitar a oportunidade para saber mais sobre as obras imitadas. Em vez de simplesmente ficar seguindo muita bobagem sem aprender nada. Principalmente quando estamos numa época em que a maioria das grandes obras estão disponíveis na internet. Quem quiser, é claro, quem não quiser, que fique mofando os neurônios em frente à tv!

Vamos então à canção tema de Tempos Modernos, Cérebro Eletrônico, de Gilberto Gil, um dos grandes gênios da nossa pátria tropical. Não encontrei um vídeo bem feito desta música na internet, por isso incluo este, bem artesanal, com a letra mais abaixo:

***

http://www.youtube.com/watch?v=-PJncshl-CI

***

O cérebro eletrônico faz tudo

Faz quase tudo
Faz quase tudo
Mas ele é mudo

O cérebro eletrônico comanda
Manda e desmanda
Ele é quem manda
Mas ele não anda

Só eu posso pensar
Se Deus existe
Só eu
Só eu posso chorar
Quando estou triste
Só eu
Eu cá com meus botões
De carne e osso
Eu falo e ouço. Hum

Eu penso e posso
Eu posso decidir
Se vivo ou morro por que
Porque sou vivo
Vivo pra cachorro e sei
Que cérebro eletrônico nenhum me dá socorro
Em meu caminho inevitável para a morte
Porque sou vivo
Sou muito vivo e sei

Que a morte é nosso impulso primitivo e sei mas
Que cérebro eletrônico nenhum me dá socorro
Com seus botões de ferro e seus
Olhos de vidro

***

Atualizando o artigo, insiro aqui a versão de Cérebro Eletrônico com a Myllena, captada do trailer da novela Tempos Modernos:


***

Também coloco aqui a canção Invejoso (do álbum Ie Ie Ie 2009), de Arnaldo Antunes, que é o tema do personagem Bodanski (Otávio Muller), de Tempos Modernos:

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

A diferença entre espumante, frisante e sidra

Para os apreciadores de vinhos, o Ibravin, Instituto Brasileiro do Vinho, produziu uma cartilha para explicar a diferença entre espumante, frisante e sidra.

Afinal, há bebidas que são simplesmente suco de uva ou maçã com gás carbônico e álcool (ou sem álcool), que parecem espumantes por causa da presença das “bolinhas”, mas que na verdade são sidras, bebidas fermentadas de frutas ou simplesmente gaseificadas. Ou até mesmo refrigerantes.

Assim, se você quer saber mesmo o que está bebendo ou pretende beber naquela sua data especial, vá ao site do Ibravin, feche a janela do Bento em Vindima que salta na sua cara, busque a seção de “downloads” no índice lateral, e baixe o arquivo com todas essas informações, que contém detalhes como os cinco tipos de espumantes de acordo com o teor de açúcar de cada bebida, que são: Extrabrut, Brut, Sec/Seco, Meio Seco / Meio Doce / Demi-Sec e Doce. Para as graduações específicas, vá ao site do Ibravin, pois não vou tirar esse prazer do bebedor de vinho de descobrir essas preciosidades.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Tempos Modernos: na tv, nada se cria, tudo se copia

Esse ditado é tão velho na tevê quanto copiar produções alheias. Ou seja, a nova novela da Globo, Tempos Modernos, não é nem imitação do filme de Charles Chaplin, de 1936, é cópia mesmo. E não é só do título.

Embora a estória de Chaplin seja sobre um vagabundo (The Tramp), que tenta sobreviver na era industrializada, numa época de grandes empresários e trabalho repetitivo nas fábricas, com correrias e multidões, e muito tráfego nas ruas, há também o outro lado disso, dos chefões de grandes empresas.

Algo diferente de São Paulo, onde a estória da telenovela acontece?

E, no início do filme, a cena mostra o presidente de uma empresa que lê seu jornal, toma seu café e liga monitores para espiar seus trabalhadores, num esquema "big brother" de vigilância 24 horas, como no livro de George Orwell, 1984, ou Admirável Mundo Novo (1932), de Aldous Huxley.

Algo diferente na proposta da emissora televisiva, que mostra um grande empresário vigiando pessoas num sistema moderno de vigilância tecnológica? Certamente a única coisa que vai faltar na novela é a genialidade de Charles Chaplin. Ora, até um filme como Invasão de Privacidade (Sliver, 1993), com a Sharon Stone, já retratou essa estória em detalhes.

Vejam o início do filme de Chaplin e julguem por si mesmos:

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Mais uma da Dalva: Máscara Negra

Vejam mais esta maravilha, queridos saudosos dos belos carnavais de nossas infâncias: Máscara Negra, na divina voz da Dalva de Oliveira. Ela é realmente fantástica! Quem, dos que já passaram dos quarenta, não vai lembrar desta pérola de nossos bailes de carnaval?

Apreciem:

http://www.youtube.com/watch?v=AlP-oONVImw

***

E, pra completar, um clássico da nossa música, Ave Maria no Morro, com a eterna Rainha da Voz:

http://www.youtube.com/watch?v=NS8Yl8HMStA

***

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Dalva de Oliveira cantando Que Será

E agora uma gravação de 1952, com a Dalva (1917-1972) cantando Que Será, na Rádio Tupí. Também cresci ouvindo este belo bolero, que foi o primeiro sucesso da Rainha da Voz.

Acho interessante, apesar de saudosista, lembrar que hoje em dia não é mais possível saber que uma cantora tem a voz que estamos ouvindo. Nestes tempos tecnológicos, há aparelhos que captam a voz e a modificam, colocando-a no tom desejado, inclusive ao vivo e em tempo real. Assim, não dá pra saber se a voz que ouvimos numa apresentação é absolutamente real. Somente se a pessoa cantar sem auxílio de qualquer aparelho ou instrumento.

Por isso é bom lembrar às novas gerações que houve tempo em que cantores só seguiam esta profissão quando realmente tinham voz pra cantar.

Segue o áudio da Dalva de Oliveira (Mãe do cantor Pery Ribeiro) cantando Que Será:

http://www.youtube.com/watch?v=KLQOjtePTJE

***

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Dalva de Oliveira cantando Bandeira Branca

Ao assistir aos capítulos da série Dalva & Herivelto, na Rede Globo, fiquei pensando nas canções deles que marcaram minha infância. A primeira que lembrei foi Bandeira Branca, que me alegrou em muitos carnavais e que até hoje permanece gravada em meu coração.

Para as gerações que não conhece, insiro aqui um arquivo de áudio com alguns comentários de um admirador fervoroso da Dalva e a gravação dessa marchinha de carnaval:

http://www.youtube.com/watch?v=KZV324UFQDs

***

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Erros de gravação de Paulo Francis

Para quem acha que Boris Casoy falou muita bobagem, olhem a delicadeza de Paulo Francis desancando quem atrapalha a gravação de seus comentários:

http://www.youtube.com/watch?v=PICFe4fhj9s

***

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Como diria Boris Casoy: isso é uma vergonha!

O problema de se arrepender depois de ter feito ou dito algo é que não dá pra desfazer aquilo. O sujeito pode se arrepender mil anos por ter cometido um ato, mas isso não muda o que foi atuado. A única coisa que pode ser feita é assumir o erro cometido, pra tentar evitar de cometê-lo mais adiante. Ás vezes precisamos cometer um mesmo erro milhares de vezes, e só conseguimos deixar de repeti-lo por absoluta exaustão.

E quem sou eu pra dizer que não faço isso!

E como diriam os budistas, pode se passar milhares de vidas nesse processo, chamado de roda kármica.

Parafraseio então o genial Pedro de Lara (famoso jurado do programa Silvio Santos): tem gente que tem amor no coração, tem gente que tem amor no coração e dinheiro, e tem gente que só tem dinheiro. Acho que não preciso explicar o significado disso. Mas certamente os que estão nesta última categoria devem achar que só os que tem dinheiro podem ter uma vida feliz ou um ano novo feliz, ou até desejar isso aos outros.

Como diria o poeta Walt Whitman, quanto mais dinheiro uma pessoa tem, mais ela necessita de compaixão.

Como hoje em dia tudo cai na rede em instantes, vejam o erro e a retificação (quem quiser ser julgado, que julgue!):

http://www.youtube.com/watch?v=0H9znNpeFao

***

http://www.youtube.com/watch?v=AXg6L9OtMTY

***

domingo, 25 de agosto de 2013

Eu confundi Annie Lennox com Waldick Soriano!

Queridos internautas,

ás vezes (e só às vezes!) eu sou uma anta!

Desta vez eu consegui confundir Annie Lennox com Waldick Soriano!

Como pode, não é?

E olha que eu já apreciei a música da querida Annie!

Mas também sou do norte de Minas Gerais, perto da cidade natal de Waldick, e reza a lenda local que ele já cantou nos puteiros da minha saudosa Espinosa!

E obviamente, como todo brasileiro do interior, cresci cantando Eu Não Sou Cachorro Não!

Mas, vou revelar minha surpresa e como percebi que a Annie Lennox não era o Waldick: é que nosso grande cantor brega usa o chapéu inclinado para o lado direito, e a cantora inglesa usa o seu para o lado esquerdo. Se não fosse esse detalhe, eu não teria percebido a diferença! :)

[secvitrine/annie-lennox/86593]

Vejam e me digam se vocês seriam tão idiotas de fazer uma confusão como a minha:

http://www.youtube.com/watch?v=gcOM8dd1jkM

***

http://www.youtube.com/watch?v=EGazLcCIKco

***

Ah, e não se esqueçam: FELIZ ANO NOVO!!!

E como diz o ditado: rir é o melhor remédio!

***

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Mais de Lenine: Sob O Mesmo Céu

Esta canção foi feita por Lenine para homenagear o Brasil, em 2005, ano de nosso país na França.

Não por acaso incluí aqui o vídeo dele e de sua banda cantando na Praça da Bastilha, em Paris.

E a lembrança veio em boa hora, já que 2009 é o ano da França no Brasil. Aproveito a abertura deste meu novo espaço na internet para mandar este alô aos francófonos: um grande abraço dos lusófonos, afinal, viemos do batuque negro, viemos de Portugal... viemos do futuro conhecer nosso passado!

Curtam este artista que traduz a pura alma brasileira, sem bairrismos ou regionalismos, com todas as nuances culturais da unidade desta nação:

http://www.youtube.com/watch?v=vm33f3WGYh0

domingo, 18 de agosto de 2013

Todas Elas Juntas Num Só Ser, Lenine

Eu sou fã incondicional do Lenine, cantor e compositor brasileiro e pernambucano.

Já fui a todos os seus shows em Porto Alegre, desde 1999, e já assisti a pelo menos dois espetáculos em Recife, além de encontrá-lo em outras ocasiões, como tarde autógrafos ou canjas em shows de amigos.

Uma vez tive uma sorte danada: num final de noite no carnaval recifense, eu e algumas amigas paramos para ouvir uma banda tocar, e de repente, não mais que de repente, surgiu Lenine no palco para fazer aquela aparição relâmpago numa música daquele grupo. Como diria o próprio, FOI DUCA!!! :)

Vejam esta maravilha de videoclip produzido por uma turma bacana da UFPB, com fotos de mulheres para ilustrar essa canção:

http://www.youtube.com/watch?v=cWOly-1M6wY

***

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Alerta para as irregularidades da Gripe A

Assistam à entrevista com Teresa Forcades, freira beneditina do monastério de Montserrat, na Catalunha (Espanha), e doutora em Saúde Pública.

Ela  faz um longo histórico da Gripe A, fornece informações científicas, enumera irregularidades nesse campo e faz ponderadas reflexões sobre as consequências da desinformação e das atitudes de governos que são contrárias à saúde da população em geral.

Ela é contra a vacinação em massa das pessoas para a Gripe A-H1N1, por causa dos graves descaminhos que vem acontecendo na administração dessa campanha,  como a constatação, no uso de cobaias, que a tal vacina, antes de conter virus atenuados contra a gripe, contém virus ativos da cepa da gripe aviária, altamente mortal mas pouco contagiosa, mesclada a um virus altamente contagioso, mas pouco mortal (da gripe A-H1N1), potencializando uma combinação dos mesmos altamente mórbida.

Essa cientista também mostra o fato dessa gripe não poder ser considerada uma pandemia, devido à sua baixa mortalidade (mais baixa que a gripe comum) e que esta declaração só foi possível porque a Organização Mundial de Saúde, OMS, retirou da condição de pandemia o índice de mortalidade, usando somente o critério contágio, o que colocaria qualquer gripe nesta condição e não apenas esta.

Como o critério de pandemia obriga as nações a fazer uma vacinação em massa (há notícia de que 4,6 bilhões de vacinas estão sendo feitas), há o fato que nenhum seguro cobre os riscos desta vacina, já que os fabricantes receberam imunidades que os desresponsabilizam de eventuais danos secundários (efeitos colaterais).

Assim, que cada cidadão exija saber que seguro o cobre dos riscos de tal vacinação e que critério científico comprovou a inocuidade do produto.

Escutem a Freira Doutora, e espalhem a notícia a todos, como forma de evitar que mais uma vez sejamos enrolados por governos que não tem o menor interesse no real interesse do povo, que é a ordem, o progresso e os serviços públicos de qualidade para todos os cidadão.



CAMPANAS - OS SINOS DOBRAN PELA GRIPE A - PORTUGUÉS from ALISH on Vimeo.

sábado, 10 de agosto de 2013

Riacho do Navio, de Luiz Gonzaga

Bem, galera boa deste nosso amado país, também não poderia faltar aqui o Luiz Gonzaga, cantando Riacho do Navio, uma das minhas músicas preferidas da infância. Muito a ouvi num velho rádio lá na fazenda do meu pai no interior de Minas Gerais.

Vejam que maravilha:
***

***

Riacho do Navio
Luíz Gonzaga

Riacho do Navio
Corre pro Pajeú
O rio Pajeú vai despejar
No São Francisco
O rio São Francisco
Vai bater no "mei" do mar
O rio São Francisco
Vai bater no "mei" do mar
(Bis)

Ah! se eu fosse um peixe
Ao contrário do rio
Nadava contra as águas
E nesse desafio
Saía lá do mar pro
Riacho do Navio
Eu ia direitinho pro
Riacho do Navio

Pra ver o meu brejinho
Fazer umas caçada
Ver as "pegá" de boi
Andar nas vaquejada
Dormir ao som do chocalho
E acordar com a passarada
Sem rádio e nem notícia
Das terra civilizada
Sem rádio e nem notícia
Das Terra civilizada.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

O Porto de Porto Alegre

Atrás dos famosos muros da Av. Mauá, no Centro Histórico de Porto Alegre, há um cais de porto, cujos armazéns são utilizados há algum tempo para outras atividades, como espaço para Bienal de Arte, teatro e local de festas.

Esta semana, passeando pelo centro, fui até o porto para fazer umas imagens do Rio Guaíba e de guindastes e até de um rebocador que passava naquela hora.

[gallery type="slideshow" columns="2" ids="1890,1888,1889,1887,1880,1881,1879,1882,1883,1884,1885,1886"]

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Mercado Público de Porto Alegre

Passeando e tirando fotos hoje no centro de Porto Alegre, fui até o Mercado Público, para ver como está no momento, após o incêndio que assolou no dia 06 de julho deste ano.

Infelizmente, o Mercado ainda permanece fechado para o público, recebendo reparos na parte interna.

Suponho que sim, obviamente.

Embora a previsão fosse otimista, visto que apenas 10% do patrimônio foram consumidos pelas chamas, parece que os consertos necessários para sua reabertura estão levando bastante tempo.

Não tenho informações sobre a previsão de reabertura agora, e nem sei se houve alguma mudança quanto ao que foi constatado de início, mas foi triste passear no centro da cidade e ver o Mercado fechado e com o telhado ainda esperando por reparos.

Tomara que seja reaberto logo, pois vou regularmente lá para comprar alimentos e passear.

O Bará deve estar tendo muito trabalho lá dentro.[gallery type="slideshow" ids="1869,1868,1867,1866"]

 

domingo, 4 de agosto de 2013

Trazendo Raul Seixas para visitar meu blog

Esta é minha página pessoal, e nada melhor do que convidar uma lenda da nossa cultura popular para mandar ver logo de cara. Afinal, como cada um de meus outros blogues tem assuntos específicos, criei este para falar de mim e dar minha opinião sobre o que pintar na área, e inclusive reclamar do que não está bom, afinal, temos muito o que reclamar neste país, que está cheio de coisa errada.

Assim, taí o Raulzito mandando ver na galera, que eu também sou um rapaz latino americano que sabe dar uma choradinha de vez em quando!

Só pra lembrar, o aniversário do Raul Seixas é dia 28 de junho!

Feliz Aniversário a ele sempre!

Aproveitei pra republicar o vídeo de Eu Também Vou Reclamar:

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

A revolução na Islândia

Esses fatos não foram divulgados na imprensa dos grandes centros, nem do Brasil.

O vídeo resume o que aconteceu na Islândia nos últimos anos:

terça-feira, 30 de julho de 2013

Hello world! Oi, Mundo!

Olá, Mundo!

esta é a minha página pessoal, onde publico meus pensamentos e reflexões sobre o mundo e sobre mim.

Aqui é onde emito minhas opiniões pessoais.

Nos meus outros blogs trato de assuntos específicos (no curso de inglês você encontrará meu currículo).

Sejam bem-vindos!

Abraço,

Gentil Saraiva Jr.

***

Alguns de meus outros blogs:

(meu twitter @gentilmrk)

Passagens Aéreas em Promoção, onde você  encontra  viagens e passagens baratas.

Curso de Inglês Grátis do Mr. Kind, um curso de inglês completo via internet, com uma gramática bilíngue da língua inglesa; há ainda dezenas de aulas de inglês com música e muitas dicas.

Curso Gratuito de Português, uma maneira diferente e prazerosa  de aprender nossa língua.

Também colaboro no Emagrecer, blog sobre emagrecimento e dietas.

Poesia de Whitman, onde publico minha tradução de Folhas de Relva, a obra poética do grande poeta norte-americano.

Sítio de Poesia, o lugar onde publico meus escritos poéticos, outras traduções que fiz e muitas canções que celebram o amor.

All About Walt Whitman, site em inglês dedicado ao poeta Walt Whitman.

 

sábado, 22 de junho de 2013

Como realmente denunciar conteúdo abusivo no Facebook

Como denunciar um conteúdo que você considera abusivo no Facebook?

Vejo muitas pessoas compartilhando conteúdos abusivos no FB como forma de denúncia, seguindo a ideia de que se muita gente assistir ou compartilhar, ou ler, maior será a denúncia.

O problema é que isso dificilmente vai repercutir na administração do próprio FB como denúncia de forma imediata (porque o FB também tem seu próprio sistema de rastreamento de conteúdo abusivo).

O que repercute como denúncia de forma mais rápida é usar as setinhas que estão à direita das páginas com esse tipo de conteúdo para denunciar o conteúdo abusivo como fraude ou spam, e depois marcar, nas categorias apresentadas pelo formulário do FB, que forma de violência ou abuso esse conteúdo toma para você.

rosto de moça

Aliás, esta semana mesmo tem ocorrido isto no FB: as pessoas compartilhando compulsivamente uma página como forma de denúncia (é, aquela sobre o cara que está marcando greve geral para 01/07, que parece ser alguém que está apoiando um golpe militar, alguém da ultra-direita - é o que foi suposto pelo texto apresentado).

O problema é que ao compartilhar a página como pretensa forma de denúncia, o que esse ato faz na prática é a propaganda gratuita dessa mesma página, dando popularidade a ela.

A única maneira que vejo até agora de realmente fazer a denúncia é clicar na setinha à direita da página e marcá-la como fraude ou spam (e consequentemente marcar a categoria de abuso dentre as apresentadas), isso sim  vai mostrar aos administradores do FB que tal conteúdo precisa ser bloqueado ou tirado do ar.

Esta liçãozinha básica o pessoal no Twitter já aprendeu e ensina a todo novato que chega lá (foi assim que aprendi ao entrar lá; meus amigos já me deram todo o caminho para o melhor funcionamento da rede de microblogs, coisa que a galera do FB não aprendeu ainda; mas nunca é tarde pra aprender a capinar este espaço e retirar as fraudes e spams daqui, juntamente com toda forma de conteúdo que você considera abusivo e ofensivo).

Nota: só você vai poder avaliar se o conteúdo que chega até você é abusivo ou ofensivo, ou prática de spam ou fraude. Mas se você entende que um conteúdo soa assim para você, faça a denúncia da forma correta, em vez de ficar ingenuamente dando popularidade a coisas desonestas ou ilegais.

***

p.s.: se alguém souber de outras formas práticas e rápidas de denunciar esse tipo de coisa, acrescente via comentários; todos agradecem; por exemplo, em vez de compartilhar a página, copie o link, denuncie a página ao FB, e repasse apenas o link com o aviso, mas não use o compartilhar do FB para isso;


quarta-feira, 19 de junho de 2013

Curso de Português Grátis na Internet

Eu gosto de estudar português de várias maneiras. Tanto com gramáticas tradicionais quanto com métodos mais modernos ou diferentes.

Curso Gratuito de Português, por exemplo, é uma ótima opção para quem busca uma abordagem atual e dinâmica da língua portuguesa.

Esse curso é feito através de artigos, que focalizam cada aspecto da língua, desde a parte gramatical até a ortografia, bem como vocabulário, pontuação, figuras de linguagem e muitas dicas sobre a língua (confira as categorias quando entrar no curso).

Se você gosta de estudar português de maneira diferente, dá uma olhada no Curso Gratuito de Português, que há muitas coisas interessantes lá.

Por exemplo, se você gosta de estudar literatura e língua, certamente você aprecia figuras de linguagem.

Por isso dou essa dica aqui: o Curso Gratuito de Português tem uma seção de literatura que fala de vários autores, principalmente de poetas.

E mais, tem um curso completo de versificação em língua portuguesa, que aborda todos os tipos de verso do nosso vernáculo.

Quanto ás figuras de linguagem, há também uma ampla seção sobre elas, com descrição e exemplos de metáforas, metonímias, perífrase, pleonasmo, eufemismo e muitas outras.

Se você quiser entrar no site pelo mapa, é mais fácil de visualizar todo o conteúdo.

Bom estudo!

Ricardo Boechat abre o verbo sobre a situação do Brasil

Ricardo Boechat em entrevista para o Pato Com Laranja fala de sua juventude, do aprendizado de jornalista, da situação brasileira, da corrupção absurda na política brasileira, da roubalheira, da certeza de impunidade e também de seu apoio aos protestos pelo país contra tudo isso:

sábado, 8 de junho de 2013

Como perder o seu inglês

Escrevi esta enumeração de maneiras de como perder o seu inglês, fazendo paródia ao contrário de Paulo Rónai, o brilhante autor do livro Não Perca o Seu Latim (e outros, como A Tradução Vivida, Escola de Tradutores, etc); esta paródia enviesada é dedicada àqueles que de algum modo tem preguiça de aprender ou manter-se estudando inglês, ou que tem dificuldade de assumir que detestam essa língua  e, não obstante, passam anos perturbando os professores em sala de aula (geralmente por serem obrigados de algum modo a continuar fazendo algo que odeiam, como levantar às seis horas da manhã, por exemplo, para ir pra escola no inverno).

Assim, divirtam-se - se puderem - com essa psicologia reversa do aprendizado de inglês (não há nenhuma ordem de prioridades nesses conselhos; estão escritos à medida que apareceram em minha mente; quem quiser fazer o contrário, é simples, é só inverter o conselho; de qualquer modo, pra mim, tanto faz, pois você que está lendo não é meu aluno).

Vamos à lista de maneiras de como perder o seu inglês:


Não estude todos os dias.

Não estude regularmente (no mínimo duas vezes por semana, ou três).

Não estude pelo menos cinco minutos de inglês por dia.

Não leia algo em inglês todos os dias.

Não ouça algo em inglês todos os dias, como, por exemplo, músicas ou trechos de filmes.

Não releia o material apresentado na aula anterior antes da próxima aula.

Não revise a gramática apresentada na aula anterior também, nem pesquise mais sobre o assunto.

Não ouça músicas em inglês todos os dias.

Não veja filmes em inglês com frequência.

Não assista a filmes com o som original em inglês.

Sempre assista a filmes de língua inglesas dublados em português.

Nunca confira o título original do filme em inglês.

Nunca traduza músicas em inglês que você por acaso escute e tenha interesse na letra. Lembre-se, como diz o personagem do filme Matrix ao comer aquele belo bife: A ignorância é um êxtase!

Não pergunte ao professor em sala de aula o significado de expressões que desconheça em inglês.

Não tente pronunciar as palavras corretamente.

Persista cometendo erros de pronúncia e atazanando seu professor, afinal de contas, ele merece ser punido por achar que você é uma pessoa inteligente e que vai aprender inglês facilmente.

Rode em inglês no final do ano. Seus pais merecem pagar as mensalidades de sua escola de inglês por dez anos e você não aprender nada. Afinal de contas, quem eles estão pensando que você é, Einstein?

Falando nisso, não preste atenção á aula. Fique desenhando no livro.

Perturbe os seus colegas, eles também não merecem aprender nada, já que você não aprende e não quer aprender.

Não tente memorizar as palavras.

Não tente memorizar frases.

Não tente memorizar trechos de música ou filmes.

Especialmente não tente memorizar diálogos inteiros de filmes (você pode nunca mais conseguir esquecê-los).

Outro método de aprendizado a ser evitado: não assista ao mesmo filme com o som original em inglês mais de uma vez; e especialmente, não assista ao seu filme preferido muitas vezes, tipo cinco, dez, vinte, cinquenta ou mais vezes (tive alunos que cometeram o erro de assistir ao filme predileto mais de 100 vezes; acabaram praticamente decorando todas as falas do filme, no original). Se você assistir o mesmo filme vezes demais, há um perigo terrível de você nunca mais conseguir pronunciar as palavras de maneira errada, como você adora!

Não use a tecla SAP caso você tenha acesso apenas á tv aberta, pois essa tecla na sua tv mostra o som original de filmes estrangeiros (SAP = Second Audio Program, ou seja, é um dispositivo que transmite um Segundo Programa de Áudio na tv, geralmente um canal mono para um som alternativo, que normalmente é o original).

Não tente pensar apenas em inglês.

Não tente traduzir tudo que você lê ou escuta para o inglês. Isso pode ter consequências terríveis.

Não leia livros em inglês.

Não leia textos em inglês.

Não faça exercícios de tradução, se você tem alguma aptidão literária.

Não leia poemas.

Contos, então, nem pensar (imagina conseguir entender uma estória inteira em inglês; seria um desastre).

Não pergunte aos colegas sobre palavras novas.

Não adquira vocabulário novo todos os dias.

Não crie glossários (listas de palavras por classe ou outra forma qualquer de organização).

Não anote o significado de palavras novas ditas em aula ou encontradas em qualquer outro lugar (você precisa garantir que não vai aumentar seu vocabulário; vá que você precise disso no futuro, e chegue lá já sabendo!).

Outro cuidado especial: não mantenha em mente que as provas de vestibular em inglês exigem conhecimentos sobre a gramática da língua, contexto do assunto (interpretação de texto) e vocabulário (se você aprende demais pode correr o risco de passar no vestibular; uma vez uma aluna minha, que nem era do tipo CDF, gabaritou uma prova de inglês do vestibular da UFRGS; você não vai querer isso, vai?).

Não queira saber o significado desse monte de palavras inglesas que aparecem em todos os lugares em que você vai ou acessa (shopping, store, off, app, smartphone, iphone, ipad, notebook, laptop, blog, site, web, internet, facebook, plus, software, hardware, hd, caps lock, num lock, page down, page up, print screen, scroll up, scroll down, pause, break, insert, home, end, delete, play, media, control, mouse, click, layout, keyboard, earphone, etc.)

rapaz tomando cerveja

***


Caso você tenha mais algum método ou forma de perder o seu inglês, ou mesmo um que você use para desaprender alguma outra língua, por favor, adicione via comentários.

Você pode achar que estou sendo malévolo ou mal intencionado, mas eu juro que vi alunos durante muitos anos utilizando um ou mais dos métodos acima para evitar de aprender ou desaprender inglês em sala de aula.

Certamente por ter algum motivo para odiar estar ali. Sempre tentei tornar a experiência de aprender inglês satisfatória para meus alunos, mas nem todos curtiam.

Quando você é obrigado a fazer algo que não gosta, vai inventar uma maneira de boicotar isso. Infelizmente, nem todos podemos fazer somente o que gostamos, e temos que aprender a conviver com isso. Aprender a lidar com a insatisfação, talvez o maior problema real da humanidade, é um exercício diário.

E outro motivo que me levou a escrever este texto foi a chamada psicologia reversa: quem sabe observando todos esses recursos do ego para boicotar o aprendizado a pessoa aprenda a superá-los?

Ou talvez não! Cada um tem um caminho. Pelo menos é bom conhecer esses truques de sabotagem da própria aprendizagem.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Você conhece o VOLP?

Você sabe o que é o VOLP?


Não?


É simples: o VOLP é o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, que contém 381.000 verbetes e é editado pela Academia Brasileira de Letras.

O bom é que ele está disponível online e você pode consultar a ortografia de qualquer palavra da nossa língua lá, principalmente porque ele está atualizado pelo Novo Acordo Ortográfico desde 2009.

Acesse o VOLP e leia as orientações de como fazer sua pesquisa, que você encontrará todas as palavras que procura.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

É mais de 300 reais (no autotune)

Estou colocando este vídeo no meu blog porque fiquei admirado com o poder de síntese dessa senhora; no vídeo original, ela consegue resumir todo o drama da situação em apenas 16 segundos. Haja síntese! Achei ela genial.

Tem muito marmanjo e marmanja por aí com doutorado que não consegue isso (falo por experiência própria, pois embora consiga sintetizar bem as coisas, também sou prolixo).

É mais de 300 reais original


Veja o vídeo original do "é mais de 300 reais" de 16 segundos aqui:


***

É mais de 300 reais com o autotune


E veja aqui o "é mais de 300 reais no autotune":