sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O que é uma radiola?

Você sabe o que é uma radiola? E uma vitrola? Que tal ... toca-discos?

Se você não sabe (ou é jovem demais pra saber), dá uma olhada nestas fotos, que tirei do aparelho que uma amiga minha ganhou como presente de aniversário (ela tem uma bela coleção de discos):

[gallery order="DESC" columns="2" orderby="rand"]

***

Reconheceu o aparelho? Ou conheceu?

Simples: um toca-discos, ou vitrola, ou radiola, é um aparelho para tocar discos de vinil.

Se não sabe ainda o que é um disco de vinil, também é simples: é um disco feito de vinil, em geral na cor preta, que serve para gravar áudio. Também é conhecido como Long Play ou LP.

Se você quiser informações mais detalhadas sobre esses assuntos, dá uma olhada nestas páginas da Wikipédia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Toca-discos

http://pt.wikipedia.org/wiki/Disco_de_vinil

Quando eu era criança pequena lá em Minas Gerais eu só ouvia música em radiolas (além de rádio, claro).

Aliás, até a década passada eu tinha um toca-discos. Mas como eu migrei para cds, por ter muito poucos discos de vinil, acabei vendendo a velha vitrolinha!

 

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Garrett McNamara surfa a maior onda do mundo

Esse cara é demais, vai ter coragem assim lá em Portugal: Garrett McNamara, norte-americano nascido no Havaí, fez história ao surfar a maior onda já vista (pelo que consta de recordes nessa área).

A onda foi surfada na Praia do Norte, em Nazaré, Portugal.

A onda gigante tinha mais de 27 metros de altura (90 pés), mais ou menos a altura de um prédio de 10 andares.

Veja a façanha do cara:

Álbum de fotos do Pôr-do-sol em Porto Alegre

Se você já morou em Porto Alegre, sabe o que significa tomar aquele chimarrão à beira do Rio (Lago / Estuário) Guaíba.

Assim, curta sua saudade da beira do rio ou do Gasômetro apreciando essas fotos que tirei lá (tem o Anfiteatro Pôr do Sol também e o Monumento em Homenagem aos mortos durante a Ditadura Militar):

terça-feira, 8 de novembro de 2011

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Google+ para Negócios

Veja notícia que saiu hoje: o Google+ acabou de lançar o Google+ para Negócios.

A notícia vem do blog de notícias sobre Adwords, escrita por Dennis Troper.

Ele diz que desde o início até agora, o Google+ já recebeu mais de 40 milhões de pessoas e já introduziu mais de 100 aperfeiçoamentos no serviço.

E que muitas empresas vem pedindo para participar.

Como houve realmente "milhares e milhares" de empresas solicitando a entrada no G+, eles acabaram aceitando abrir a possibilidade das empresas criarem suas páginas no G+ para poder interagir com seus consumidores, e não apenas manter a interação entre pessoas.

Assim, empresas / negócios podem criar suas páginas no G+ para compartilhar seus lançamentos com seus consumidores e/ou fãs.

Para criar sua página de negócios no Google+, vá até a página do google+business e divirta-se.

Veja  o vídeo que eles criaram para divulgar o Google+ para Negócios:

domingo, 6 de novembro de 2011

18 tesouros escondidos do Google

Stephen Shankland, do CNET News, dá a dica sobre os tesouros escondidos do Google, muito além da brincadeira de digitar 'Do a barrel roll' na busca do Google e ver a página girar como um barril, ou descobrir se a lua é feita de queijo.

Ele lista 18 tesouros, incluindo simulador de voo, a interface pirata do navegador ou a resposta à busca por 'anagrama'.

Veja aqui todos os tesouros escondidos, que agora não estão mais, e se você souber de mais algum, conte-nos através dos comentários.

O Estado deveria proteger os Cidadãos


Islândia: experiência mostra que é melhor deixar bancos quebrarem


Três anos depois do colapso dos bancos islandeses, a economia da ilha se recupera e se ergue como prova de que os governos, em vez de resgatar estas entidades, deveriam deixá-las quebrar e proteger os contribuintes, apontam analistas. Em outubro de 2008, os três grandes bancos islandeses foram varridos por sua exposição à crise das hipotecas "subprime", que dias antes fez sua maior vítima com o banco americano de investimentos Lehman Brothers.

[Mais informações no artigo do site Terra.]